DesportoEconomiaNazaréPolítica

Jogo de acusações

Reinaldo Silva é acusado por trindade de "OFERTA" aos independentes e ao PS Ainda não assentou a poeira em torno das últimas Autárquicas já que a leitura dos resultados continua a suscitar reacções e acusações António Paulo Num comunicado enviado às redacções com assinatura de Miguel Sousinha, o PSD da Nazaré para além de manifestar …


Reinaldo Silva é acusado por trindade de "OFERTA" aos independentes e ao PS

Ainda não assentou a poeira em torno das últimas Autárquicas já que a leitura dos resultados continua a suscitar reacções e acusações

António Paulo

Num comunicado enviado às redacções com assinatura de Miguel Sousinha, o PSD da Nazaré para além de manifestar o “agradecimento profundo” pela “confiança que a população voltou a depositar no projecto do PSD”, assenta as baterias no PS Nazaré nos seus dirigentes Isabel Vigia e Luís Monterroso e nos Independentes, em particular no cabeça de lista à Câmara e eleito vereador, António Trindade.

Para o PSD da Nazaré, dirigido por Reinaldo Silva – também ele eleito como vereador – apesar de ser a segunda força política mais votada, “o grande perdedor é o grupo de Cidadãos Independentes que contando com o apoio de parte da Comissão Política Concelhia do PS, da sua presidente Isabel Vigia e do ex-líder da mesma Luís Monterroso, não conseguiu iludir a população”. Sem poupar nas palavras, o PSD Nazaré afirma ainda no seu comunicado, que “nestas eleições, candidatos houve, que tinham a ver com promoção pessoal e intrigas políticas”.

Quem rejeita ligações aos Independentes é Isabel Vigia ao manifestar “o mais vivo repúdio” pelas acusações formuladas pelo PSD da Nazaré” sublinhando que estas “não dignificam os seus autores” e que as mesmas “mais não visam do que desviar as atenções da perda da maioria absoluta por parte do PSD”. “Desde que o meu camarada João Benavente foi indigitado pela Comissão Política Nacional, nunca mais mantive qualquer contacto com os Independentes”, assegura a líder da concelhia rosa. “Um profundo disparate” é como Luís Monterroso reage ao comunicado laranja, frisando que “não tive qualquer interferência nesta campanha autárquica e todas as tentativas que façam para me associarem a ela, venham elas de onde vierem, não passam de puras mentiras e calúnias, que na realidade visam atingir outros objectivos”.

Pelo lado dos Independentes, a reacção surge pela voz de António Trindade que começa por acusar Reinaldo Silva, líder da secção laranja nazarena de ter “efectuado abordagens para integrar quer a lista de Independentes, quer até a do próprio PS, num período anterior às eleições para a Secção do PSD Nazaré”. António Trindade rejeita “liminarmente” qualquer ligação dos Independentes ao PS, e em particular, aos seus dirigentes Isabel Vigia e Luís Monterroso, acrescenta que “essas graves afirmações não passam de manobras para denegrir os Independentes e para desviar as atenções da instabilidade que se vive no seio do PSD da Nazaré, que tem vindo a sofrer sucessivas demissões”.

Confrontado com as acusações de António Trindade, Reinaldo Silva sem querer avançar com muitos comentários, limitou-se a lançar as questões de que “se haverá alguém na Nazaré que acredite que eu integraria uma lista liderada por ele?”, ou se “haverá alguém na Nazaré que acredite que eu lhe reconheço competência para o acompanhar em qualquer lista, seja ela qual for?”.

Author: Jornal

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close