Nazaré

Famalicão propõe Associação de Saúde

A falta de médicos na freguesia de Famalicão e a indefinição sobre a extensão de saúde na freguesia levaram a Junta a admitir a possibilidade de criar uma associação de saúde, com capacidade para contratar médicos e servir, assim, a população.

Os problemas de funcionamento da Unidade de Saúde Familiar existem desde 2010, altura em que a Extensão de Saúde local foi encerrada temporariamente, por alegados problemas informáticos, uma justificação dada pelo Agrupamento de Centros de Saúde Oeste/Norte mas que não convenceu nem autarcas nem população.
Abílio Romão deu a conhecer essa intenção de criar uma Associação na última sessão da Assembleia Municipal da Nazaré, adiantando que a solução para os problemas da sua freguesia passarão, ao que tudo indica, pela contratação direta de serviços médicos, e à Junta a gestão de uma associação que terá como sócios os utentes da Extensão de Saúde da freguesia.
Apesar de se terem realizado alguns encontros com vista à resolução do problema, que implica gastos acrescidos para a população local, grande parte idosos dependentes de cuidados regulares de saúde, a situação da Unidade de Saúde não sofreu alterações.
Para o presidente da Junta de Freguesia bastam «mil associados, que paguem uma quota mensal de cinco euros, para se resolver o problema» dos cuidados de saúde em Famalicão.

Author: Jornal

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Close