Destaques Home xNazaré

Confraria prepara investimento de 900 mil euros em residências assistidas e remodelações

A Confraria Nossa Senhora da Nazaré inaugurou as obras de melhoramento do lar de idosos e apresentou um projeto de requalificação de 8 quartos e construção de residências assistidas.

Tratou-se, para já, de uma ampliação com o acréscimo de 14 camas no lar, que resultarão em mais 3 vagas na Instituição, enquanto as restantes servirão para uma restruturação de toda a valência do lar. “Esta primeira fase aponta para a reorganização e modernização do espaço”, explicou Nuno Batalha.
As atuais instalações têm vários anos e os quartos não cumprem os requisitos básicos atuais “optamos, em conjunto com a Segurança Social, na redistribuição de acordo com os novos padrões”.
O investimento de 200 mil euros, com a comparticipação de mais de 55% do valor investido através do anterior quadro comunitário, permitiu uma adaptação dos quartos, com um acréscimo de 14 quartos.
“A segunda fase desta intervenção, com um investimento estimado em 900 mil euros, prevê a criação de um novo refeitório e de uma sala de estar, localizados num andar com vista privilegiada sobre a Praia do Norte, já que os atuais serão extintos para dar lugar a 7 residências autónomas, com a tipologia T0, e que aumentará em 14 camas (que se juntam às atuais 63) a resposta do Lar, através de um conceito diferente, o da autonomia, em que as pessoas ali instaladas podem ter todas as respostas que o lar já oferece (lavandaria, higiene, habitação, etc.), vivendo dentro das instalações ou fazendo a sua vida fora do lar, com o serviços do lar”.
“A oferta será alargada. Os preços serão por cama ou por casal. Dependerá muito da procura. Aqui não há acordo com a segurança social. Será aplicada sempre numa lógica do privado, mas estamos a falar, ainda assim, sempre de preços abaixo dos praticados no mercado. Temos um conjunto de sinergias no hospital, como a fisioterapia, que os nossos utentes podem usar. Estas 3 camas, mesmo seguindo uma lógica do privado e com a possibilidade de serviços que poderemos oferecer, estamos a falar de preços a partir dos 750 euros, quando nos lares privados, este tipo de oferta, ascende aos 1200 para cima”
Para esta segunda fase do projeto, a Confraria irá candidatar-se ao apoio dos fundos comunitários, através do Portugal 2020.
“Não iremos fazer depender a dignidade e conforto das pessoas que lá estão das ajudas externas. Há boas perspetivas de podermos vir a concorrer a fundos comunitários e a obter as ajudas, uma vez que está prevista verba no quadro Portugal 2020 para lares, mas estamos decididos a avançar e não adiar mais estes planos”.
A remodelação de todo o edifico é também um o objetivo. “Esta segunda fase irá concorrer com a remodelação de toda a estrutura mais antiga, como a remodelação de 28 quartos”, explicou Nuno Batalha.

Author: Dina Teresa

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Close