Destaques Home xEducação

Aluna de Valado dos Frades vence concurso Juvenes Translatores

Ana Silva, de Valado dos Frades, aluna do Instituto Educativo do Juncal, em Porto de Mós, foi a vencedora portuguesa do concurso de tradução da Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia, Juvenes Translatores.

Ana Silva concorreu com 97 alunos de 21 escolas e venceu com uma tradução de inglês para português.
É a terceira vez que o Instituto Educativo do Juncal vence este concurso. Já em 2010, o prémio foi atribuído a João Marquês, e em 2017 a Beatriz Simões.
A nível europeu, participaram 751 escolas, num total de 3252 alunos. Os melhores jovens tradutores deste grupo (1 por Estado-Membro) proveniente dos 28 Estados-Membros viajarão a Bruxelas para receber o respetivo prémio e encontrar os tradutores profissionais da Comissão Europeia.
A Comissão Europeia anunciará, entretanto, o nome dos autores das melhores 28 traduções sobre o tema do Ano Europeu do Património Cultural do concurso anual Juvenes Translatores para alunos do ensino secundário.
Sobre os resultados do concurso, o Comissário Günther H. Oettinger, responsável pelo Orçamento, Recursos Humanos e Tradução, disse: “Estou impressionado pelas competências linguísticas destes jovens talentosos. A aprendizagem das línguas é essencial na sociedade moderna. As línguas abrem portas para mais oportunidades de emprego e ajudam as pessoas a entenderem melhor as culturas e posições dos outros. Gostava que todos os vencedores e participantes continuassem a explorar o seu interesse pelas línguas e espalhassem a sua paixão pelos idiomas à sua volta”.
A edição do concurso Juvenes Translatores realizou-se a 22 de novembro de 2018, e decorreu simultaneamente em todas as escolas participantes. Os alunos a concurso utilizaram 154 das 552 combinações linguísticas entre cada uma das 24 línguas oficiais da UE. Algumas das escolhas mais interessantes foram de português para neerlandês e de húngaro para finlandês.
Desde 2007 que a Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia organiza o concurso Juvenes Translatores (expressão latina para «jovens tradutores»). Ao longo dos seus 11 anos de existência, o concurso tem sido uma experiência que muda a vida de muitos dos participantes e vencedores. Por exemplo, após a sua visita a Bruxelas, a vencedora da Eslovénia na edição de 2010, Tina Zorko, decidiu estudar tradução na universidade e ingressou recentemente na Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia como tradutora a tempo inteiro.
Os contactos da vencedora italiana de 2016, Carolina Zanchi, com os tradutores da Comissão Europeia inspiraram-na a aprender mais sobre línguas aplicadas e prossegue agora os seus estudos em linguística patológica, na Alemanha.
O objetivo do concurso Juvenes Translatores é promover a aprendizagem das línguas nas escolas e permitir aos jovens experienciar o que é ser tradutor. O concurso está aberto a alunos do ensino secundário com 17 anos de idade e realiza-se ao mesmo tempo em todas as escolas selecionadas na União Europeia.
A tradução é parte integrante da UE desde a criação da Comunidade e foi o tema do primeiro regulamento de todos (Regulamento (CEE) n.º 1), adotado em 1958. Desde então, o número de línguas aumentou de 4 para 24, acompanhando os alargamentos da UE.

Author: Dina Teresa

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Close