Nazaré

Abrantes apresenta-se disponível para assumir intervenção na Colónia Balnear da Nazaré

A Câmara de Abrantes reconhece razão aos protestos da Nazaré sobre a antiga Colónia Balnear e considera que o problema já deveria estar resolvido.

O Município apresentou a sua disponibilidade para ajudar a resolver o problema e admite que “tem havido falta de articulação por parte do presidente da AMVT”, escreveu o jornal O Mirante.
A Nazaré deliberou tomar posse administrativa da propriedade se a AMVT (19 concelhos do distrito de Santarém) não mandar entaipar o edifício, que se encontra em adiantado estado de degradação, e ao abandono há vários anos.
Abrantes refere, agora, que todos os autarcas que fazem parte da Associação de Municípios concordaram na necessidade de uma solução urgente, tendo mandatado a direção para proceder em conformidade.
Associação de Municípios do Vale do Tejo é propriedade de um património rico que tem estado ao abandono.
O caso terá despertado, entretanto, a atenção da Direção da Associação. O Presidente da Direção, Paulo Queimado informou que irá indicar uma empresa para fazer o trabalho, justificando a demora na reação com o facto da anteriormente escolhida ter tido um imprevisto que a impediu de avançar para o entaipamento da ex-Colónia Balnear.

Author: Dina Teresa

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Close